EVENTOS DA HOLANDA NO BRASIL
 

NOVIDADES

Agora você pode fazer o pedido dos dicionários:
Holandês/Português
Potuguês/Holandês
Os dicionários são da Editora Prisma.
Entre em contato
conosco e reserve o seu.

.................................................

Esta novidade é para você que já está de malas prontas para viajar.
Temos para você a opção do curso de Holandês intensivo com duração de apenas três meses, onde você aprenderá a estrutura gramatical que servirá como base para o seu aprendizado da língua na Holanda.

saiba mais...

PORTUGUÊS PARA ESTRANGEIROS

Lecionamos aulas de português para estrangeiros com um método facíl e interativo.

CONECTIVIDADE


Os professores da Multiple Choice são fluentes nos idiomas, Potuguês, Inglês e Holandês possibilitando ao aluno receber as aulas no idioma que mais lhe for convêniente, proporcionando o aprendizado de um idioma e ao mesmo tempo treinando outro idioma já dominado
.

LINKS DE INTERESSE
 


EXPERIÊNCIAS

Olá meu povo, Estou morando na Holanda desde Fev/03 e olha como o tempo passa!Quando eu aqui cheguei nada falava , mas hoje é diferente : eu já babucio algumas
frases, mas alegre mesmo eu fico quando me faço compreender, mesmo que seja coisas simples. Erramos, porém não temos como evitar comparações, mas a história e o povo da Holanda vieram de caminhos diferente dos nossos do Brasil ; logo tudo ou quase tudo é diferente. Algumas coisas pra melhor, outras nem tanto. Mas isto não está em questão.Bem, ai vão as histórias.Ok, na esquina da rua (straat) onde moro tem uma bakkerij (padaria). Ás vezes sobe um cheirinho irresístivel de pão, porém lá não vende "pão francês" quentinho, álias fiquei sabendo que caso voçê queira pão francês deve ir pra França ou pro Brasil , lá sim tem. Ah, o pão que eles preparam aqui é o de forma (boterham), o de banha e outros tipos, porém têm umas tortinhas que é pra tirar qualquer um do regime.
Fico encantada com as velhinhas e velhinhos no pedalo,de salto alto e tudo.Eles pulam lépidos na bike, se içam e depois é que começam a pedalar.
Que coisa! Eu que aprendi a primeiro a manter o pé esquerdo no chão e depois dar impulso com o direito e só então sentar e ir embora pedalando.
Mas, vivendo e aprendendo. Ah, mas eles também são motorizados: scooter,cadeiras de rodas automáticas, motoquinhas e carrinhos que rodam a 45 km por hora pra desespero dos motoristas.os outros, claro.O povo daqui é bem alegre, a sua maneira, consegue conversar por um bom tempo sem entrar no lado pessoal e/ ou emocional !!!!! e tem uma maneira engraçada de falar, falam cantando, não sei, talvez seja hábito aqui da região, mas eu me controlo pra não rir(o que é dificil), eles falam: "ya-ya " e "ya-yooo"quando estao conversando ou dizem :"bedaaaaaaank hooooooor" assim mesmo! Nos dias ensolarados e brilhantes dá uma sensação boa de viver! Eu quero sair , quero caminhar, etc etc e parece que o povo todo pensa assim pois ficam mais sorridentes e falam mais (sobre o tempo) .
Vão logo cuidar dos jardins e/ou lavar os carros, acredito que depois vão aos cafés (de bicicletas), porque estes lugares estão sempre cheios nos dias de calor , bem no inverno também temos dias brilhantes porém isto não significa em bsoluto que está quente, é geladinho pra chuchu.As visitas, essa parte é legal. Geralmente as mulheres trazem uma plantinha pra visitada, um amor de delicadeza, gosto muito disso.A visitante mal sentou e a visitada corre pra trazer/fazer café. Lembro-me que no Brasil a gente chega, conversa e quando o papo já tá assim meio mole, a visitada corre pra oferecer um café ou qualquer outra coisa, mas aqui é diferente. É café já na entrada. Os trens são confortáveis. Tem primeira e segunda classe e parece-me que a diferença é o preço e também no espaço das poltronas. Fico na segunda classe, é confortável também. Há trens novos e trens velhos. Ambos empacam de vez em quando, mas se não, são pontuais. Se cair na besteira de sentar em vagão de fumante, vc sofre, pois eles fumam pra valer. Quando um apaga o cigarro, outro acende. É Fogo, ou melhor, fumaça.Os jardins em geral são muito bem tratados e bonitinhos, dá vontade de ter um. Mas custa dinheiro e dedicação. Ë trabalho permanente! Ah, mas nem tudo são flores, já vi uns jardins cheios de erva daninhas e alguns são decorados com pedrinhas brancas e uma planta que não precisa cuidados,
ja viu né? Esse morador tem outros negócios com que se ocupar . Há um tempo pra tudo sob o sol da Holanda, sim é verdade se voçê se referir as flores do campo : Vem primeiro o verde, depois surgem umas florzinhas amarelas (paardenbloemen) que ninguém plantou mas que se espalham e deixam tudo lindo, florido de amarelo e essas nem adianta colher pois morrem se voçê as trouxer pra casa, em seguida vem as branquinhas e as azuis,
outras amarelas selvagens e maiores, chegam então as margaridinhas sempre uma turma nascendo e morrendo pra cheguem outras. Há o tempo das tulipas, lindas plantadas em larga escala nos campos e em pequenas e delicados grupos nos jardins das casas, de várias cores, não só vermelhas. Ah, e chegam as lindas rosas, estas brotam pra valer até nas roseiras pequenas, e por fim os gerânios..Ohhhh, desculpe-me as flores se esqueci de alguma. Todo galhinho seco parece acordar e brotar lindas flores .O verão tem sido quente e o inverno, brrr um gelo ó, mas desconfio que seja mais gelado ainda para os estrangeiros, estes sofrem. Minha cabeça chegava a doer com o vento frio e tive que comprar uma toquinha quase que e emergência devido a dor nos ouvidos, mas pareceu-me que as orelhas dos holandeses eram insensíveis ao vento, pois não costumam usar toquinhas. Eu nem me abalei por ser diferente, eu tinha um problema maior: frio nas orelhas. Rápidas: as portas dos trens não abrem automáticamente, você precisa apertar botar ou um tipo de fecho pra abri-las; as pessoas comem um tipo de peixe cru (parece sardinha,), apenas com cebola e sal e o bafo depois ?!!!!! Ahhhhhhhh, no supermercados deve-se por uma moeda de 50 euro cents pra poder liberar o carrinho e claro, se quiser seu dinheiro de volta ponha o carrinho no mesmo lugar ou seja, atracado ao próximo e a moedinha sai, assim TODOS poem o carro no mesmo lugar; quase não usam acuçar no
café; a mulherada tem cabelos curtos, coloridos e espetados, e maquiagem pesada não importa a idade nem a profissão; o número médio de sapatos femininos é 38-40; batata inglesa é como se fosse feijão em SP;Os holandeses, no geral são simpáticos, porém difíceis de fazer amizades ; São reservados quantos aos probemas pessoais , chegam ao cúmulo de não desabafar nem entre família; são no geral honestos ou pelos menos não são
dados a facaltruas e não são de largar elogios a toa , limitam se a um "goed zo!", muito bem" e é só.O que eu achei mais chato, foi as piadas: primeiro porque elas já chegam aos meus ouvidos traduzidas, segundo por que o povo todo já riu e terceiro porque não tem graça nenhuma. Ninguém aqui sabe o que é piada de português e nem de papagaio mas deve ser porque ninguém contou.
That's all folks !!

Sulanita

Escola de Holandês Multiple Choice
Av.Paulista,2073 - Conjunto Nacional / Horsa - I / Conj.2201- São Paulo - CEP.01311-940
fone/fax: (11-3262-0633) / admin@multiplechoice.com.br